Adobe CS 5.5

Local: WOC (Barra da Tijuca, Zona Oeste, Rio de janeiro)
Palestrante: Carlos Willian
E-mail: carlos.william@woc.com.br cwmi@ovi.com
Data: 26/01/2012

O palestrante Carlos William, da área de mídia impressa e publicação eletrônica, falou sobre a suíte CS5.5 da Adobe, que veio como uma resposta da concorrência (leia-se Quarkxpress) na área de documentos e aplicativos para tablets.
Segundo Willian, o Quarkxpress foi líder na área de diagramação em países de primeiro mundo, enquanto que outros aplicativos como o Pagemaker não, por mera falta de divulgação (o que explica o sucesso do Pagemaker no Brasil anos atrás). A compra do Pagemaker pela Adobe e a criação do Indesign – produto do pacote da Adobe que mais sofreu alterações, talvez seguido apenas pelos Adobe Premiere e Acrobat – foram estratégias para competir com o Quarkxpress que apenas recentemente mudou para fazer frente ao Indesign. As novidades da suíte CS 5.5 refletem essa necessidade (já que a Adobe poucas vezes lançou uma versão intermediária de seus produtos como a CS 5.5).

Das novidades interessantes dos produtos Adobe para midia impressa, vale citar o recurso Puppet Warp do Photoshop, que permite distorcer imagens 2D como se fossem objetos 3D; por exemplo: a partir de uma foto de elefante de lado, a tromba pode ser movida para cima e para baixo, apenas definindo-se pontos de articulação (ou distorção) como se fosse imagem 3D. As ferramentas de seleção especializada como o Refine Edge finalmente se equiparam a plugins como o Corel Knockout. A grande vedete do Photoshop cs 5.5 é a parte de 3D que está bem desenvolvida, além de um menu para análise da imagem.

O indesign CS 5.5 possui recursos como distribuição de espaços em textos e figuras em conjunto, facilitando o trabalho de rediagramação. Aliás, existe recurso semelhante para redistribuição de texto: se você possui um texto (com título) em duas colunas agora há um comando que distribui o título na largura das duas colunas. À semelhança do Flash, mas de maneira mais simples, o Indesign permite a criação de padrões a partir de uma imagem, com grande facilidade. Outro recurso é a criação de gradientes com transparência de maneira fácil, a semelhança do que há no Fireworks (editor de imagem para webdesign). Talvez um dos grandes recursos do Indesign seja permitir ligar e desligar camadas de imagens importadas do Photoshop. Há muitos outros recursos voltados para publicação digital (criação de conteúdo para internet), deixando claro que o Indesign se reinventa a cada versão.

O illustrator possui recurso de extrusão 3D com muitas opções, o que permite fazer extrusões com texto ou imagem de maneira precisa (neste quesito melhor que o Corel Draw). Outro recurso 3D interessante foi o desenho em perspectiva: você pode ter uma imagem (vetor ou mapa de bits) e aplicá-la automaticamente em perspectiva num plano, para fazer uma ilustração de fachada de prédio, por exemplo. Na palestra o foco foi mostrar a integração dos programas (Illustrator, e Photoshop) com o Indesign.

No final foi comentado as novidades que “fazem a diferença” no Quarkxpress, como ter um painel para editar todos os efeitos aplicados numa imagem do Photoshop (!). Essa compatibilidade do Quark com arquivos de programas da Adobe é melhor do que a Adobe oferece em seus próprios programas (!!). O Quark é ideal para publicação digital, pois ele não cria “arquivos” e sim “projetos”, semelhante ao que ocorre em programas de edição de vídeo: você tem um “arquivo de projeto” com todo texto e elementos de desenho formatados que apenas se vinculam a conteúdo externo (imagens, desenhos, etc) para gerar uma publicação; esta por sua vez pode ser apresentada em versões para mídia impressa, internet, aplicativos para tablet, etc. sem necessidade de rediagramar ou gerar um arquivo para cada tipo de mídia. Alterações no texto em uma versão do projeto se aplicam nas demais versões (exceto alterações de posicionamento).

Eu que achava o máximo a alteração de idioma em programas da suíte Microsoft Office, fiquei maravilhado ao ver que o Quark permite alterar o idioma de maneira fácil, sem sequer reiniciar o programa (acorda Microsoft!). O Quark tem muitos recursos interessantes como vincular e desvincular caixas de texto facilmente, mas o melhor é o módulo para a criação de aplicativos para Tablets: você pode criar uma galeria de fotos para tablets de maneira super intuitiva e relativamente fácil.

Valeu a palestra, aguardo uma palestra sobre publicação digital.


O palestrante Carlos.


Photoshop: refine edge.


Illustrator: aplicando perspectiva a desenhos.


QuarkXpress: um projeto, diversas mídias simultâneas.


QuarkXpress: exportando imagens escolhendo as 
configurações aplicadas no projeto.


Quark: gerando um aplicativo (app) para tablet: 
galeria de fotos fácil e intuitiva.
Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: